• Prefeitura Municipal de São Simão

Edh Lorran

Edh Lorran conta sua historia, como começou na música e também a historia da composição que traz para o 27º FESICA: Jóia!


Edh Lorran Foto: Eduardo Baracho

Edh Lorran é cantor, compositor, professor, formado pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Letras: Português/Inglês, e IFSP - Instituto Federal de São Paulo: Campus Campinas, Formação Docente: Educação para Inserção Social, pós-graduação. Dentre seus projetos, desenvolveu o espetáculo "O Circo Evém", em parceria com a Casa das Artes, 2018. Além disso, destaca-se o projeto "Edh Lorran e Los Hombres", com o qual participou de festivais e projetos culturais, em 2017/2018. E bossa nova, 2014/2015, com o artista, cantor, compositor, Agnaldo Araújo. Como também, integrou iniciativas voltadas aos direitos humanos, pela comunidade Lgbttia+, em paradas do orgulho Lgbttia+, Campinas e Vinhedo, 2018/2019/2020, bem como pelas causas de proteção à vida animal, pelo "SOS Animal", no centro histórico Estação Cultura de Campinas, 2019. Participou de eventos envolvendo o calendário cultural de Campinas e região, tais como o 2.º "Fórum Campinas pela Paz", parceria com a Unesco para ações de Cultura pela Paz, na área de Direitos Humanos, 2019, bem como o "11.º Festival de Inverno de Vinhedo", 2019, importante iniciativa cultural desse município. Venceu o “2.º Festival Nova Canção”, em 3º lugar, com a canção O que é você nessa multidão, 2018. Selecionado para o programa "Cultura Abraça Campinas", 2021, por meio da produção cultural campineira a realização de ações artístico-culturais à distância, beneficiando o município com a arte e a cultura.

E o Prêmio Cultura Presente - FICC, 2021, por sua trajetória cultural. Em 2022, lança o projeto autoral, "À Deusa", primeiro da carreira.


Disponível em: < https://edh-lorran.webnode.page/ > Acesso em: 24.mai.2022.



 

2. Sua história na música

Edh Lorran - Foto: Anderson Miranda

A história de Edh Lorran é coletiva, em prol da cultura de paz, de busca por parcerias com artistas, fazedores de cultura e educadores da região intermediária de Campinas, como Jundiaí, Vinhedo, Nova Odessa, Valinhos, etc, e de compositor de canções, que expressam vivências únicas de um sujeito Lgbtqiap+, o artista desenvolve seu projeto, desde o ano de 2014, quando de suas primeiras apresentações, homenageando Tom Jobim (Projeto Palco Oficina Homenageia Tom Jobim). Entende-se como sujeito poético, natural de Presidente Epitácio, a qual carinhosamente chama "Epitácio das Águas Claras". Em Campinas, vive há mais de 23 anos, onde desenvolve seu projeto artístico até então. Sua sonoridade é expressiva no que diz respeito às influências concebidas por movimentos revolucionários da música brasileira, como a Bossa Nova e a Tropicália, como também a pluralidade de ritmos brasileiros, em Caetano Veloso, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Rita Lee, etc. É comum dizer que suas inspirações maiores são matriarcais, mãe e avó cantoras, mulheres fortes, que viabilizaram seus projetos.



PRÊMIOS


  • II Fórum Campinas pela Paz, com a banda Edh Lorran e Los Fridas. 2019.

  • Vencedor Festival Nova Canção, de Nova Odessa, 3º Lugar. 2019

  • Festival de Inverno, Vinhedo, 2019.

  • 28 de junho, Dia Internacional do Orgulho Lgbtqia+ , Ambev. 2019.

  • Parada Lgbtqia+ de Campinas, 2018.

  • Parada Lgbtqia+ de Vinhedo, 2019.

  • Parada Lgbtqia+ de Vinhedo, 2020.

  • Cultura Abraça Campinas, 2021.

  • Prêmio Cultura Presente - FICC, 2021.

  • Aula Magna UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas), Com presidente Luiz Inácio Lula da Silva - 2022

  • 27.º FESICA (Festival Simonense da Canção) | 2022 *Contemplado

  • 1.º FEMAPI (Festival de Música e Arte de Piraju) | 2022 *Contemplado


Disponível em: < https://edh-lorran.cms.webnode.page/curriculo/ > Acesso em: 24.mai.2022



 

3. A história da composição/obra que será apresentada no evento


A canção Jóia é um registro de vivência com pessoas Lgbtqiap+, as quais demonstraram coragem em assumir seus processos identitários, sem medo do que visões de mundo antagônicas pudessem pensar. É preciso contar a história tanto de adultos quanto de crianças Lgbtqiap+, suas dores e superações, sobretudo, as narrativas de glórias e vitórias, sem romantismos, mas colocando a poesia que eleva o espírito. Nossa canção é sobre isso, eu fui uma criança Lgbtqiap+ e permaneço, hoje, adulto, fortalecendo laços que nos valorizem pelo que somos, "o que eu tenho é a minha dor, então deixe-me passar, nós vamos chegar e ocupar nosso lugar de amar", em tempos propícios de muita luta e resistência.

 

4. Sua experiência na participação de outros festivais



Participou de eventos envolvendo o calendário cultural de Campinas e região, tais como o 2.º "Fórum Campinas pela Paz", parceria com a Unesco para ações de Cultura pela Paz, na área de Direitos Humanos, 2019, bem como o "11.º Festival de Inverno de Vinhedo", 2019, importante iniciativa cultural desse município. Venceu o 2.º "Festival Nova Canção", em 3º lugar, com a canção O que é você nessa multidão, 2018.

 

5. Sua expectativa em participar do 27º FESICA


É uma expectativa de alimentar os sonhos, os projetos, as parcerias, estender os laços e continuar levando amor e esperança a todas, todes e todos. E fazer o município de São Simão, mais uma vez feliz com a volta de um festival tão especial para a cultura da cidade.



 

Nos dias 07, 08 e 09 de julho de 2022, acontecerá na Praça da República em São Simão, o 27º FESICA – Festival Simonense da Canção, com entrada gratuita.

por Renata Robazza Mohap Digital Saiba mais acessando a página do Festival: www.saosimao.sp.gov.br/fesica-2022






11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Bilora