Sebrae apresenta Projeto de Educação Empreendedora em São Simão

Os alunos do Ensino Fundamental de São Simão poderão ter aulas, a partir de 2020, sobre empreendedorismo por meio do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP).

Com apoio da Associação dos Municípios de Interesse Turístico do Estado de São Paulo (Amitesp), estiveram reunidos na sexta-feira (9), na Prefeitura de São Simão, o prefeito Marcos Bonagamba, a secretaria de Educação Ana Paula Pires, o coordenador de Turismo Edenir Luis Belluc, a assessora do Fundo Social de Solidariedade, Adriana Pretel, o gerente do Sebrae da Regional de Ribeirão Preto Carlos Alberto de Freitas e Marisa Madalena Caldana.

Na oportunidade foi apresentado ao prefeito, o Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), um curso que procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender, além de favorecer o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários para a gestão da própria vida.

A educação empreendedora, proposta pelo Sebrae para o Ensino Fundamental, incentiva os alunos a buscarem o autoconhecimento, novas aprendizagens, além do espírito de coletividade.

Segundo Carlos Freitas, a ideia é que a educação deve atuar como transformadora desse sujeito e incentivá-lo a quebra de paradigmas e ao desenvolvimento das habilidades e dos comportamentos empreendedores.

“Queremos estimular novas aprendizagens, coletividade e autoconhecimento no ensino fundamental de São Simão e este projeto propicia isso”, disse Marcos Bonagamba.

Para a secretária de Educação, Ana Paula, o Programa de Educação Empreendedora vem com o viés de transformar a educação, não somente trabalhar a questão do empresariado, mas o intraempreendedorismo, transformando os jovens em pessoas mais preparadas e assim terem a possibilidade de um futuro muito mais promissor.

O coordenador de Turismo Belluc afirmou que o programa possibilitará a consolidação do segmento turístico na cidade, preparando nossos jovens para atuarem também nos 54 segmentos da cadeia produtiva do turismo.

O Sebrae também disponibilizou para o prefeito e para o Fundo Social de Solidariedade o programa de capacitação para profissionalização da atividade dos artesãos simonenses, que entrará em analise de viabilidade para sua implantação.

ADM 2017/2020