Mapeamento de áreas de descarte identifica 17 locais irregulares.

O município de São Simão, preocupado com a gestão dos resíduos sólidos, em um trabalho de mapeamento de áreas conhecidas como descarte irregular, identificou cerca de 17 locais, este trabalho de mapeamento foi a partir de apontamentos feitos por alunos da rede municipal e estadual, que participam do programa de Educação Ambiental, a partir de dados que eles mesmos levantaram.

O Departamento de Meio Ambiente, através de seu Coordenador Marquinhos Sapulha e do Educador Ambiental Adriano Antônio (Didi), saíram a campo para mapearem os locais apontados pelos alunos, o Departamento de Obras e Serviços começou um trabalho de recolher e destinar corretamente todo o material.

Segundo o coordenador, “a grande maioria do material é lixo doméstico, aquele que deveria ser colocado para o recolhimento do caminhão, este que passa de porta em porta. E preciso ainda muito trabalho de conscientização, para que esta pratica venha ser passado”. Outro trabalho que vem sendo feito é de que moradores façam denuncias junto aos órgãos municipais, caso seja visto o cidadão fazendo a prática do descarte irregular, além de observar e vasculhar o material é possível muitas vezes identificar de onde veio o material, mas não quem o descartou, por isso é preciso à colaboração de todos. “A prefeitura esta fazendo a parte dela e conta com a colaboração de todos”, informou Marcos Sapulha, Coordenador Municipal de Meio Ambiente.